Deputado Adalberto Cavalcanti é investigado pelo MPF por suposto desvio de verba parlamentar

02/04/2016 20h32
Sem muito alarde, o Ministério
Público Federal (MPF) em Petrolina abriu inquérito para investigar o suposto
uso indevido de verba parlamentar pelo deputado federal Adalberto Cavalcanti
(PTB).
Tornado a público um despacho
da procuradora da República Maria Elisa
de Oliveira
, onde se trata de uma representação sigilosa, apontando suposto
uso indevido em “despesas com locação de veículos e combustível, efetuadas no
exercício de 2015”.
O Ministério Público Federal
decidiu abrir um inquérito para investigar o deputado Adalberto Cavalcante, em
despacho de 30 de março, requisitando da Câmara de Deputados cópias de
documentos sobre o uso da verba parlamentar.
Como os fatos também podem
indicar cometimento de crime, a procuradora mandou cópia do processo ao
Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, a quem cabe investigar
criminalmente os parlamentares federais
O deputado Adalberto
Cavalcante é bem conhecido da população de Araripina, o mesmo teve apoio do
pré-candidato a prefeito Aluísio Coelho, nas eleições de 2014, quando o médico
ficou sem partido e não pode ser candidato, foi aí onde decidiu apoiar o
deputado Adalberto Cavalcante para federal, mas como a politica tem suas
surpresas acordos, Aluísio não está mais apoiando o deputado, que parece que só
veio em Araripina buscar uns votinhos e nunca mais voltou.

Sobre o Autor

Allyne Ribeiro