Crise faz municípios cancelarem festas juninas

Por - 04/06/2015
:

Pernambuco 247 – A associação Municipalista de
Pernambuco (Amupe) está anunciando que seis municípios decidiram cancelar os
festejos juninos. O motivo é a crise econômica. As festas de São João nas ruas
foram suspensas pelas prefeituras de Lagoa Grande, Carnaíba, Betânia e São José
do Egito, todas no Sertão do Estado.
Outras regiões também estão sendo afetadas. No
Agreste não vai ter festa em Lagoa dos Gatos. Cortês, na Zona da Mata, também
cancelou as comemorações. Tudo motivado porque os municípios não têm como
bancar sozinhos com as gastos.
As despesas com as festas juninas foram cortadas
em outros 12 municípios. É o caso de  Araçoiaba, na Região Metropolitana
do Recife e em Lagoa do Carro, Macaparana, Nazaré da Mata, Carpina e Chã de
Alegria, na Zona da Mata; Pesqueira e Casinhas, no Agreste; e Afogados da
Ingazeira, Custódia e Parnamirim, no Sertão.

Associação dos Municipalista  explica,
ainda, que antes havia recursos do Estado, da União e da iniciativa privada,
mas agora há uma redução drástica de financiamento desses apoiadores.