A segunda etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa terminou no dia 30 de novembro em Pernambuco, mas o produtor tem até este sábado (15) para declarar o seu rebanho nos escritórios da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro).

Apesar de a imunização ser apenas para bovinos e bubalinos com até dois anos, todo o rebanho deve ser declarado, especificando a idade e o sexo dos animais. O produtor que perder o prazo vai pagar multa de R$ 300,00 por propriedade não declarada e não pode retirar a Guia de Transito Animal (GTA), além de ter a propriedade interditada e não poderá participar das linhas de crédito do governo – a exemplo da compra do milho na Conab, nem receber empréstimos do Banco do Nordeste (BNB).

A Adagro ainda espera quase 13 mil produtores para esses últimos dias. Até o momento 82% do rebanho já foi imunizado e declarado. Para declarar o rebanho é preciso levar a nota fiscal da vacina e o CPF.