Coluna – Ele toma de conta da casa de Deus e pode ir à luta para ficar a frente da casa do povo

20/10/2015 13h22
A cidade de Santa
Cruz da Venerada no Sertão Pernambucano se prepara para enfrentar uma das mais
calorosas campanhas políticas dos últimos dez anos. O motivo é possível candidatura
de um Padre, o nome é Paulo Sérgio, ele é filiado ao Partido Ecológico Nacional
(PEN).
A briga travada pelo atual
prefeito Gilvan Sirino e a ex-prefeita Eliana, fazem com que o surja novos
nomes para entrar na disputa do cargo mais desejado entre os políticos da
cidade.
Segundo algumas pessoas
ligadas a política local da cidade o nome do Padre já está incomodando ambos
lados, tanto o prefeito quanto a ex-prefeita.
O Padre é muito querido na
cidade de Santa Cruz tanto pelo a comunidade católica quando a sociedade como
um todo, isso tudo pelo trabalho que ele tem prestado diante Paróquia através de
ações sociais.
Se caso ele for confirmado
como candidato a prefeito será uma pedra no sapado dos dois grupos que fazem a
chamada polarização política dentro de uma cidade. 2016 está próximo, mas o
Padre já está gastando bênçãos.
Na
Alepe
– Oposição cobra cronograma para nomeação de
professores. A Bancada de Oposição de Pernambuco recebeu com desconfiança a
notícia de que o Governo do Estado pretende lançar, até novembro, concurso para
contratação de três mil professores.
Para a Oposição, a medida
parece muito mais jogo de cena, por ocasião do Dia dos Professores, uma vez que
o Estado acaba de estourar o limite máximo da Lei de Responsabilidade Fiscal
(LRF) para gastos com pessoal.
“Segundo balanço do
segundo quadrimestre do ano, a folha de pagamento alcançou 50,33% da Receita
Corrente Líquida, ante um limite de 49%, impedindo ao Governo conceder
reajustes ou contratar servidores até que se enquadre novamente nas regras
fiscais. Somos favoráveis à contratação de mais professores, até porque os
profissionais estão acumulando disciplinas por falta de pessoal. Mas é preciso
deixar claro como se fará isso sem ferir a LRF”, destacou o deputado Silvio
Costa Filho (PTB), líder da Bancada de Oposição.
Atrasos
no repasses do SUS ao HSMS
– Deputada Socorro Pimentel diz que
vai ao Ministério Público. A deputada estadual
Socorro Pimentel (PSL) falou através de nota que vai acionar o Ministério Público para que seja apurada as falha nos repasses ao Hospital e Maternidade Santa Maria em
Araripina.

Socorro – “Vou acionar o
Ministério Público, expor a situação, para que seja cobrado de imediato o
repasse dos meses em atraso e o retorno imediato dos plantões, o povo não pode ficar descoberto, por incompetência de uma gestão desorganizada”, disse
Socorro.
Segundo ela, os repasses da secretaria
municipal de saúde ao Hospital e Maternidade Santa Maria podem chegar à 3 meses de atraso. Por causa disso, os
médicos plantonistas decidiram não atender e por conta disso o hospital teve
que “fechar as portas”.
A
economia no Brasil
– A economia brasileira vai demorar para
sair do buraco. Segundo a percepção de economistas do mercado financeiro
ouvidos pelo Banco Central, as previsões que, no início de 2015, indicavam um
ajuste mais rápido para controle da inflação, para as contas públicas e nível
de atividade, agora mostram que esse processo deve demorar bem mais tempo –
podendo abranger o segundo mandato inteiro da presidente Dilma Rousseff.
Cunha – “Primeiro, não
vou comentar as palavras do presidente da Câmara. Segundo, o meu governo não
está envolvido em nenhum escândalo de corrupção, não é meu governo que está
sendo acusado”, afirmou a presidente Dilma Rousseff em entrevista coletiva
em Helsinque, após encontro com o presidente da Finlândia, Sauli Niinisto;
Dilma disse ainda que pedidos de impeachment por parte da oposição não vão
“inviabilizar” sua gestão; alvo de inquéritos no Supremo Tribunal
Federal sobre contas secretas na Suíça e por envolvimento em casos de propina
na Lava Jato, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou ontem
que “lamenta” que seja no “governo brasileiro o maior escândalo
de corrupção do mundo”
Curtas 

Paradise – A Operação Paradise pode está chegando ao fim segundo informações o inquérito já teria sido enviado ao Ministério Público Federal, órgão tem quinze dias para se manifestar a respeito do resultado. 
Luciano Capitão – A novela que envolve o presidente da Câmara em relação a sua saída do grupo do prefeito Alexandre Arraes, pode está com os dias contados, nas rodas políticas e nos bastidores o que se fala é que na próxima quarta-feira(21), o presidente irá anunciar oficialmente o seu rompimento com Alexandre Arraes. 
  
Oposição – Sorriso largo, é assim que anda a oposição de Araripina, “novas adesões e novidades está para chegar”, é o que argumenta eles, quando são indagados sobre o assunto. 
Perguntar não ofende – Você acha que o grupo de oposição tem interesse em pedir de pedir a casação de Alexandre Arraes, caso ele seja incluído no processo da Paradise? 

Sobre o Autor

Allyne Ribeiro