Neste domingo a cidade de Araripina viveu um de seus piores momentos no combate a pandemia do covid-19. Cinco pacientes que tiveram o quadro de saúde agravado pelas complicações do vírus, precisaram ser transferidos para o Hospital Governador Eduardo Campos em Serra Talhada. O município já registrou 64 mortes e os cinco pacientes levados a outra unidade de saúde neste domingo são residentes aqui no município.

Com os leitos de UTI em lotação máxima, a quantidade de vacina que chega também é insuficiente levando a situação a um estado crítico. Nas redes sociais a diretora do HMSM irmã Fátima Alencar fez mais um apelo à população para colaborar, assim também fez o gestor local Raimundo Pimentel (PSL-PE) que em frente a UPA reforçou o pedido de conscientização.

A situação é bastante crítica e os próximos dias serão ainda mais difíceis com a segunda onda que se alastra pelo país. Para tentar contribuir com a ampliação de leitos, foi anunciado pelo governador do estado o Paulo Câmara (PSB-PE) a instalação de mais 10 leitos Covid e 20 de enfermaria no hospital da cidade. Com o mesmo sentimento e empenho o pensamento do executivo estadual é harmônico com o poder local, um mesmo objetivo para combater esse mal que se alastra e já levou muitas vidas.

Redação AF News / Imagem: Reprodução