O ex-deputado federal Bruno Araújo, presidente nacional do PSDB, disse que votaria em branco caso o segundo turno das eleições presidenciais de 2022 se dê entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Em entrevista ao UOL, o presidente do PSDB disse ter votado em Bolsonaro no segundo turno de 2018 e, citando uma declaração do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) de que escolheria Lula em um eventual segundo turno contra Bolsonaro, disse que desta vez faria diferente.

– Ele [FHC] foi colocado num pelotão de fuzilamento. Foi dito a ele que tinha que fazer a opção para não levar um tiro. Eu levaria o tiro. Nós [PSDB] vamos trabalhar fortemente, firmemente para ter outra alternativa que não seja as duas. Se chegar a essa alternativa, infelizmente eu voto em branco.

De acordo com Araújo, o caminho do PSDB é o centro; nem voltado ao bolsonarismo, nem ao petismo. Ele defende que partido tem de trabalhar um nome próprio e seguir sua própria ideologia.

UOL