Com mais 9.258 infecções pelo novo coronavírus identificadas nas últimas 24 horas, segundo o Ministério da Saúde, o Brasil deixou para trás a Alemanha no ranking dos países com mais casos da Covid-19. Agora, o país é a sétima nação mais afetada pela pandemia.

No total, 177.589 pessoas já testaram positivo para o vírus no Brasil, número que é de 170.508 na Alemanha, de acordo com o Instituto Robert Koch. Entre ontem e hoje, a Alemanha registrou mais 933 infecções, quase dez vezes menos do que o Brasil.


Testagem

O Brasil é um dos países que menos realiza testes para Covid-19, segundo comparação internacional feita pela BBC News Brasil a partir de dados oficiais mapeados pela Universidade de Oxford, no Reino Unido.

Atualmente, a proporção de testes por cada 1 mil habitantes no país, considerando uma população de 210 milhões de pessoas, é de 0,63 (ou 63 por cada 100 mil habitantes). A taxa é inferior à de muitos países do mundo, inclusive latino-americanos, como Argentina (0,76), Paraguai (0,83), Equador (1,15), Cuba (2,65), Peru (4,44) e Chile (6,43). Também, é muito mais baixa do que a de nações desenvolvidas, como Alemanha (25,11) e Itália (23,64), e dos Estados Unidos (12,08), o novo epicentro da pandemia.

De acordo com o Ministério da Saúde, foram realizados 132.467 testes específicos para Covid-19 até o dia 20 de abril. Os números não incluem testes realizados em hospitais e clínicas particulares, apenas na rede pública de saúde.


Por não realizar uma atualização regular sobre os testes, o Brasil ainda não está listado no ranking de testagem (até o dia 20 de abril). Porém, se incluído fosse, o país estaria na 60ª posição, em uma amostragem de 75 países. 

Diario de Pernambuco