Brasil recupera quase R$ 446 milhões oriundos da Lava Jato

Por - 25/04/2016
O Departamento de
Recuperação de Ativos de Cooperação Jurídica, órgão do Ministério da Justiça,
registrou em 2015 um recorde na repatriação de recursos desviados do país. Isso
por conta da Operação Lava Jato, que fez as autoridades brasileiras recuperarem
US$ 124,9 milhões (equivalente a R$ 446 milhões). A informação é da Folha de
São Paulo. Conforme o site, esse valor é oito vezes maior do que o acumulado
nos dez anos anteriores.
O DRCI funciona no Brasil
como a autoridade central que faz intermediação dos pedidos de cooperação com
outros países. A polícia ou o Ministério Público acionam o órgão, que então
cuida dos pedidos junto aos governos dos outros países.

Dos US$ 124,9 milhões
recuperados no ano passado, US$ 94,6 milhões são referentes à Operação Lava
Jato. Esse montante saiu da Suíça e voltou para o Brasil. O principal destino
desses recursos é o cofre da Petrobras, estatal que foi atingida pelos desvios descobertos
pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal. O DRCI não informa
detalhes da origem desses recursos, apenas que se devem às delações premiadas.
A cifra deve aumentar porque há novos acordos sendo assinados. A Procuradoria
informa que 49 delações já foram seladas.