Bolsonoro: não me querem, votem no outro em 2022

O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender suas respostas “sem papas na língua” e recomendou “votar no outro” em 2022 para quem considera seu jeito “incompatível” com o cargo de presidente da República.

Bolsonaro respondeu a uma pergunta se suas falas não “acirram a polarização”.

“Você quer que eu seja um vaselina? Um politicamente correto? Um ‘isentão’? Não, é resposta direita. Fui eleito assim”, disse, dizendo que respondeu uma “pergunta idiota” na última semana, quando recomendou para um jornalista “fazer cocô dia sim, dia não” para ajudar o meio ambiente.

“Não é compatível com o presidente? Votem no outro em 2022, é muito simples”, completou. (Estadão – BR 18)

No Rio, a pré-candidatura de Mariana Ribas (PSDB), ex-secretária de Cultura da gestão Crivella, à prefeitura da capital foi considerada “um projeto zero a zero” por outro tucano, o ex-vice-governador Luiz Paulo, hoje deputado estadual no Estado. “É o projeto Zero a Zero. Zero prefeito e Zero vereador”, disparou o parlamentar, que não esconde a desavença com o atual presidente estadual do partido, Paulo Marinho, a quem chama de “pseudopresidente”, registra o jornal O Dia.  (Estadão – BR 18))