Bolsonaro volta a chamar comandante Ustra de “herói nacional”

Brasília(DF), 02/01/2019 Cerimônia de posse do Ministro da Defesa General da reserva Fernando Azevedo Silva. Bolsonaro na frente de uma estatua com quepe militar. Local: Clube do Exército. Foto: Igo Estrela/Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a chamar de “herói nacional”, o coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, chefe do DOI-Codi, órgão de repressão a opositores durante a ditadura militar. Ustra, que morreu em 2015, chegou a ser condenado por tortura dentro da unidade que chefiava no governo militar.

Nesta quinta-feira (08/09/2019), Bolsonaro receberá no Palácio do Planalto a viúva do coronel, Maria Joseíta Silva Brilhante Ustra. O presidente rasgou elogios a ela.

AF Newss/Metrópoles