Segurados do Bolsa Família podem ter reajuste de salário. De acordo com as projeções do governo federal, a proposta de atualização do projeto poderá ser feita ainda no mês de fevereiro. Entre as medidas a serem aplicadas, o Ministério da Cidadania prevê um reajuste de R$ 190 para R$ 200 no valor mínimo a ser ofertado.

A renovação do Bolsa Família tem sido um assunto em foco nas últimas semanas.

Ainda trabalhando para validar a extensão do auxílio emergencial, representantes do governo federal afirmaram manter o comprometimento de aplicar reajustes de salário pelo BF no mês de fevereiro, sem interromper o andamento de atualização do projeto.

De acordo com as informações concedidas pelo ministro da economia, Paulo Guedes, e pelo presidente, Jair Bolsonaro, o programa deverá passar a funcionar com uma mensalidade mínima de R$ 200.

Isso significa um aumento de R$ 10 em comparação com os R$ 190 ofertados atualmente.

No entanto, há ainda outros benefícios que deverão funcionar como uma extensão de renda dentro do programa, sendo eles:

  • Valor do auxílio-creche mensal para cada criança seria de R$ 52,00
  • Bônus anual para o melhor aluno de R$ 200,00
  • Bolsa mensal de R$ 100,00, mais um prêmio anual de estudante científico e técnico de destaque de R$ 1.000,00

A previsão é de que todas essas definições sejam validadas pelo Congresso até o fim do mês para que no cronograma seguinte de pagamentos os valores já sejam concedidos de forma reajustada.

FDR / Imagem: Reprodução