Atrizes somem da TV e mudam de profissão; saiba o que elas fazem

Elas fizeram sucesso nas novelas, ganharam o reconhecimento do público, foram capa de revista e… sumiram. De dez atrizes famosas das telenovelas, quatro exercem hoje outras profissões, outras duas deram um tempo da TV aberta e as demais estão em outras plataformas ou à espera de novas oportunidades profissionais.

Filha do autor Manoel Carlos, Júlia Almeida virou editora de uma revista eletrônica. Já Maria Maya, filha do diretor Wolf Maya, agora é diretora de teatro. Protagonista de novelas da Globo, Ana Paula Arósio é um caso emblemático de atriz que se cansou dos holofotes. Confira por onde andam dez atrizes sumidas da TV:

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

A atriz Maria Maya durante férias neste ano; ela tem trabalhado como diretora de teatro

Maria Maya
Maria Maya continua se dedicando aos palcos, mas agora fica apenas nos bastidores. Ela se tornou diretora, e neste ano foi responsável pela peça Lady Christiny, montada no Rio de Janeiro. Também dirigiu o espetáculo Adorável Garoto, em 2015.

Filha dos diretores Wolf Maya e Cininha de Paula, a atriz de 35 anos estreou na TV em 1995, na novela Cara e Coroa. Atuou em 17 produções da Globo, entre elas Chocolate com Pimenta (2003), Senhora do Destino (2004) e Cobras & Lagartos (2006). Seu último trabalho foi no papel da vilã Alejandra de Amor à Vida (2013).

DIVULGAÇÃO/DISCOVERY KIDS

Tania Khalill ao lado do marido e das duas filhas durante seu programa no Discovery Kids

Tania Khalill
O casamento de Tania Khalill com Jairzinho deu origem a duas filhas (de 9 e 6 anos) e a um programa de culinária. Desde o fim de setembro, a família toda apresenta o Grandes Pequeninos Chefs no canal Discovery Kids. Na atração, as meninas recebem a ajuda de um chef e cozinham para os pais.

Nos últimos anos, a atriz também tem se dedicado ao teatro. Tania, de 39 anos, está longe das novelas desde 2013, quando participou de Joia Rara. Na TV, ela atuou em 13 produções, como Senhora do Destino (2004), Caminho das Índias (2009) e Salve Jorge (2012).

JOÃO COTTA/TV GLOBO

Júlia Almeida em sua participação mais recente na Globo, no Criança Esperança, há dois anos

Júlia Almeida
A filha de Manoel Carlos abandonou a carreira de atriz para se tornar editora de uma revista eletrônica em Londres, na Inglaterra. Júlia Almeida, de 32 anos, também é fotógrafa e vive fora do Brasil há cinco anos com o marido britânico.

Júlia teve papéis coadjuvantes em seis novelas e minisséries de autoria de seu pai, como Por Amor (1997), Laços de Família (2000) e Mulheres Apaixonadas (2003). Seu papel mais recente na TV foi na novela A Vida da Gente, em 2011.

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Lídia Brondi em um restaurante francês ao lado do marido, o ator Cássio Gabus Mendes

Lidia Brondi
A promissora carreira de Lídia Brondi na TV se encerrou em 1990, após sua participação em Meu Bem, Meu Mal. A atriz se formou em psicologia e atende pacientes em um consultório em São Paulo.

Lídia, de 56 anos, começou a trabalhar na TV na adolescência, quando atuou na novela O Grito (1975). Ela ganhou muito reconhecimento na década de 1980, com papéis de destaque em tramas como Roque Santeiro (1985), Vale Tudo (1988) e Tieta (1989). A psicóloga é casada com o ator Cássio Gabus Mendes, que conheceu nos bastidores de Vale Tudo, e raramente é vista em público.

REPRODUÇÃO/VINNY FILMES

Ana Paula Arósio em cena de A Floresta que se Move, seu trabalho mais recente no cinema

Ana Paula Arósio
Desde que se afastou da TV, em 2010, Ana Paula Arósio vive reclusa. Ela morou em uma fazenda no interior de São Paulo e hoje está na Inglaterra com o marido. “Desde menina eu queria parar de trabalhar ce­do para curtir a vida”, declarou à revista Claudia. Em 2015, a atriz de 41 anos deu um tempo na aposentadoria e atuou em um filme, chamado A Floresta que se Move.

“Não penso em voltar pa­ra um veículo ou outro. O papel tem que me interessar. Se for bacana, com gente legal, que dê tesão, volto para a TV ou teatro daqui ou da China”, explicou.

Ana Paula teve muita fama nos anos 1990, quando foi protagonista de produções como Terra Nostra (1999) e Hilda Furacão (1998), na Globo. Seu último papel na Globo foi na série Na Forma da Lei (2010), e seu contrato com a emissora foi encerrado em 2011, quando ela abondonou o papel de mocinha de Insensato Coração.

REPRODUÇÃO/GLOBO

A atriz Christine Fernandes durante sua temporada como repórter do Vídeo Show, em 2015

Christine Fernandes
A atriz Christine Fernandes está no ar na Globo na reprise de Cheias de Charme (2012), última novela que fez na emissora. Após trabalhar como repórter no Vídeo Show e participar de competições como a Dança dos Famosos, no Domingão do Faustão, e do Super Chef, no Mais Você, Christine já acertou seu retorno para a Record. Em 2017, ela estará no elenco da novela O Rico e Lázaro.

A atriz de 48 anos foi modelo e jogadora de vôlei antes de começar a carreira na TV, em 1994, em Quatro por Quatro. Após participar de dez produções da Globo, ela foi para a Record em 2005 e interpretou a protagonista da novela Essas Mulheres (2005). No ano seguinte, voltou para a Globo, onde fez papéis coadjuvantes em tramas como Páginas da Vida (2006), A Favorita (2008) e Avenida Brasil (2012).

DIVULGAÇÃO/GNT

A atriz Sthefany Brito em imagem de divulgação de Fazendo A Festa, que apresentou no GNT

Sthefany Brito
Sthefany Brito se dedicou a dois projetos importantes neste ano: a peça O Grande Amor da Minha Vida, que protagonizou no Rio de Janeiro, e a substituição de Fernanda Rodrigues na apresentação do programa Fazendo a Festa, do GNT. Ela também está confirmada na novela O Rico e Lázaro, que estreia na Record em 2017.

A carreira de Sthefany, 29 anos, começou quando ela entrou, em 1999, para o elenco de Chiquititas, do SBT. Foi contratada pela Globo em 2001, e trabalhou em novelas como O Clone (2001) e Desejo Proibido (2007), além de apresentar o TV Globinho de 2002 a 2004. Seu papel mais recente foi o de Amaralina em Flor do Caribe (2013).

REPRODUÇÃO/GLOBO

Carla Marins durante participação no Encontro em 2014; atriz está fora de novelas desde 2012

Carla Marins
Desde que interpretou a Alice da temporada de 2012 de Malhação, Carla Marins não fez mais nada na TV aberta. Agora, ela se dedica à TV paga. Participou de As Canalhas, produção do GNT, em 2013, e gravou recentemente a série médica Emergência, ainda não tem canal ou data de estreia definidos.

Atualmente com 48 anos, Carla fez muito sucesso na Globo na década de 1990. Na época, ela fazia praticamente uma novela por ano, foi a mocinha de Tropicaliente (1994), um grande sucesso das 18h, e teve papéis de destaque em História de Amor (1995) e A Indomada (1997).

REPRODUÇÃO/GNT

A atriz Laila Zaid durante participação no programa Superbonita, do canal pago GNT

Laila Zaid
A atriz Laila Zaid, de 32 anos, está tirando férias do trabalho para se dedicar a projetos pessoais. Ela morou em Portugal com o marido no primeiro semestre deste ano e se prepara para dar à luz seu primeiro filho _está grávida de oito meses.

Em fevereiro deste ano, Laila apareceu na série Terminadores, exibida pela TNT e Band. Ela estreou na TV em Malhação (2004), passou dois anos na Record (de 2007 a 2009) e, de volta à Globo em 2012, se destacou como a personagem Priscila da novela Além do Horizonte (2013).

DIVULGAÇÃO/APARECIDA PETROWKY

Aparecida Petrowky no filme Mangoré, Por Amor al Arte, seu primeiro longa internacional

Aparecida Petrowky
Aparecida Petrowky está longe da TV desde 2011, mas continua trabalhando como atriz e modelo. Nos últimos anos, ela fez diversas peças de teatro e participou de três filmes: Jogos de Mente (2013), Mangoré, Por Amor al Arte (2015) e Carta ao Destinatário (2016).

Aparecida tem 34 anos e ficou famosa ao interpretar a irmã de Taís Araújo na novela Viver a Vida, de Manoel Carlos. Na Globo, a atriz, que é casada com o ex-cantor Felipe Dylon, atuou em só mais uma produção: o especial de comédia Chico e Amigos, em 2011.

UOL.com