Ataque com faca contra sede da polícia em Paris deixa quatro mortos

Policiais isolam área ao redor da sede da polícia em Paris após ataque com faca - 03/10/2019 (Philippe Wojazer/Reuters)

Um ataque com faca na sede da polícia de Paris, na França, deixou quatro oficiais mortos nesta quinta-feira, 3, segundo a imprensa local. O agressor foi morto a tiros e a situação já está controlada.

De acordo com as primeiras informações divulgadas pelo jornal Le Monde, o homem que atacou o prédio era um funcionário administrativo da polícia. Ele trabalhava na Diretoria de Inteligência.

A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, confirmou o ataque e afirmou que há mortos, mas não divulgou o número exato de vítimas. Segundo a imprensa local, ao menos quatro oficiais morreram.

A sede da polícia fica no centro da capital francesa, na Île de la Cité, que foi bloqueada pelas forças de segurança. A estação de metrô Cité foi fechada.

O ataque aconteceu por volta das 13h do horário local (8h em Brasília), no pátio do edifício da sede da polícia.

O presidente da França, Emmanuel Macron, o ministro do Interior, Christophe Castaner, e o primeiro-ministro, Edouard Philippe, estão no local do incidente.

Durante a manhã, uma mensagem de alerta foi transmitida nos altos-falantes do Palácio da Pustiça de Paris, localizado em frente à sede da polícia. “Um ataque ocorreu na sede da polícia, a situação está sob controle, o setor permanece sob vigilância”, alertou a mensagem.

Esse ataque mortal ocorre no dia seguinte ao protesto de milhares de policiais em Paris, uma mobilização sem precedentes em quase 20 anos, em meio à inquietação da instituição com o aumento de suicídios e reforma previdenciária.

Segundo organizações sindicais, 26.000 pessoas participaram dessa mobilização. Existem quase 150.000 policiais na França.

(Com AFP)