Araripina tem convênio bloqueado pela justiça. Processo é de R$ 40 mil

26/05/2015 23h40
Em meio ao planejamento
para a disputa do Série A2 do Pernambucano, o Araripina recebeu uma notícia,
que promete atrapalhar as finanças do clube neste ano. Na última quinta-feira,
o presidente do clube, Ted Alencar, foi notificado do bloqueio judicial
trabalhista no convênio entre o Bode e a Prefeitura de Araripina, patrocinadora
master do clube. A ação partiu do jogador Jaime, que atuou na equipe em 2012.
– A juíza do trabalho
concedeu o bloqueio dos repasses do convênio da prefeitura. Sabíamos (da ação
na justiça), mas eu particularmente não sabia a que pé estava essa negociação.
Só soube que estava transitada e julgada na quinta-feira. Foi uma surpresa – conta
o presidente.
O valor da ação é de R$ 40
mil reais e deve comprometer muito o planejamento da equipe, que definiu para
esta temporada uma folha mensal de R$ 30 mil reais. De acordo com Ted Alencar,
a partir de agora o clube vai depender ainda mais da iniciativa privada. Na
busca de uma solução, a diretoria do Araripina tenta um acordo com o atleta.
– Entramos em contato com
o jogador para ver a possibilidade de um acordo, para então solicitar uma
petição para que o desbloqueio seja efetuado. Estamos conversando – afirma o
presidente, sobre o andamento da negociação.
O presidente do Bode do
Araripe demonstra otimismo e acredita que na próxima sexta-feira o clube
consiga resolver a situação.
Curta nossa Pagina>Araripinaemfoco<
Globo esporte.com

Sobre o Autor

Allyne Ribeiro