O prefeito do município de Ouricuri no Sertão do Araripe Pernambucano, foi alvo no início deste ano de duras críticas por parte de comunitários e em especial de um veículo de imprensa da capital que em uma matéria produzida e publicada em seu site afirmava que o prefeito era um matador de árvores.

Acontece que nesta quinta-feira (4) o prefeito foi visto plantando mudas de espécies nativas da flora regional pelas ruas do município sertanejo. Ouricuri assim como as demais cidades do interior nordestino fazem parte de uma área denominada polígono das secas onde há a escassez severa de recursos hídricos. Sendo assim o plantio de árvores serve para amenizar a temperatura local, além de disponibilizar sombra à população que precisa se deslocar pelo centro das cidades.

A polêmica começou quando o gestor determinou a reforma de duas grandes avenidas no município, na qual seria necessário a derrubada de algarobas que são árvores estrangeiras com características parecidas com as espécies encontradas na caatinga, só que no caso da algaroba há um prejuízo para o meio ambiente pois a mesma retira muita umidade do ar.

Na semana passada o Ministério Público de Pernambuco tornou pública uma notícia na qual o prefeito se comprometeria a plantar árvores, já que houve a aprovação da derrubada das algarobas para melhorias nas avenidas por meio de projeto enviado à Câmara municipal. Pois bem, como promessa é dívida, essa então foi paga pelo gestor. Aliás por falar em comprometimento, o Ricardo Ramos tem mostrado um trabalho eficaz naquela cidade, executando obras e buscando a modernização do município, mas claro que em meio a essas ações sempre há o surgimento de entraves, obstáculos e críticas fazem parte do processo, afinal não se atiram pedras em árvores que não dão frutos.

Redação AF News / Imagem: Reprodução