Após reunião no Recife Aluízio Coelho disse que não abre mão de ser candidato a prefeito de Araripina.

Por - 21/05/2016
Tomando base nas
informações do Colunista e Blogueiro Everaldo Paixão, que esteve em contato com
o médico e pré-candidato a prefeito Aluízio Coelho (PP), onde o mesmo fez
declarações bombásticas e afirma que não abre mão em hipótese alguma de ser
candidato a prefeito de Araripina.
confira
a matéria 
Por Everaldo Paixão 
Como falamos que a
história do GRUPÃO ainda está muito cheia de dúvidas e que figuras públicas
que transita livremente entre ambos os grupos que pode representar a base
aliada do governo, andou falando aos quatros cantos do Município que o
governador chamaria todos os pré-candidatos no Palácio do Campo das Princesas
para decidir quem era o candidato ao prefeito e quem sairia a vice na chapa majoritária,
isso dependendo de pesquisas, resolvemos então falar hipoteticamente sobre o
assunto em uma artigo de opinião anterior a este.
Pois bem! Entramos em
contato com um deles (e aqui fica o espaço aberto para os outros se
pronunciarem, caso desejarem), o médico e pré-candidato pelo PP Aluízio Coelho,
e ele foi enfático em afirmar categoricamente que vai homologar sua candidatura
em agosto e disse que não “abre nem pro trem”. Palavras de Coelho.
Diante dos fatos que
inclusive foi comentado numa entrevista ontem dia 20, pelo pré-candidato de
Oposição Raimundo Pimentel (PSL), de que um GRUPÃO estaria se formando, e que
isso aconteceria num entendimento entre os três pré-candidatos e o atual gestor
municipal, Coelho diz que se mantém coerente em sua decisão e que vai marchar
para consolidar e homologar a sua candidatura em agosto.
– Pode dizer que não abro,
garantiu Coelho.
– Sempre tive minhas
convicções, lembrou.
Aluízio Coelho reforçou a
sua vontade de disputar a prefeitura de Araripina e disse que pode ter 10
candidatos, que não se rende.
– Pode apostar, sou
candidato e não abro mão, afirmou.Respeitando as normas da
privacidade, solicitei ao médico e pré-candidato Aluízio Coelho, fazer o print
da conversa (que evidente não colocaremos na íntegra), para assim então
publicar e mostrar para os leitores que ele está mesmo determinado em seguir em
frente, mesmo sabendo que vai sofrer pressão da base aliada do governo e do
próprio partido a qual se filiou para concorrer a um cargo eletivo.
Partindo desse preceito
que segue ditando quem deve obedecer e quem deve mandar, deixando os interesses
do Município que passa por problemas seriíssimos de gestão, dos quais nem
preciso relatar porque estamos a todo dia e a toda hora mostrando ao povo de
Araripina a situação, podemos dizer que duas figuras se destacam hoje contra os
acontecimentos que vem sendo costurados sem nenhuma pretensão de melhorar a
vida do araripinense: Aluízio Coelho e Luciano Capitão, que autorizaram o nosso
blog a desmentir um acordo que se existe, para eles, está fora de cogitação a
participação deles nesse evento.

Se os bastidores dizem
outra coisa, aí leitores, a história é outra e com certeza saberemos para
veicular no nosso canal.
Se os bastidores dizem
outra coisa, aí leitores, a história é outra e com certeza saberemos para
veicular no nosso canal.