Antônio Campos diz estar sendo ameaçado e pede proteção à Polícia Federal

O presidente da Fundação Joaquim nabuco (Fundaj), Antônio Campos (sem Partido), irmão do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos e pivô da briga política da família Campos que envolve seu sobrinho, João Campos (PSB) e sua mãe, a ministra do tribunal de Contas da Uniã (TCU), Ana Arraes, disse estar sofrendo ameaças. Ele vai até a sede da Polícia Federal no Recife às 11desta terça-feira (11) para pedir proteção policial. Ele também vai comunicar as ameaças ao Ministério Público Federal, aelgando tentativas de “intimidar testemunha”, sem entrar em maiores detalhes.

Leia mais Aqui