Alimente o Bem: projeto liderado por marcas da Bunge apoia food service e ajuda pessoas em situações de risco de todo o brasil em ação que oferece fonte de renda durante a quarentena

A cada prato comercializado, uma refeição será doada para instituições que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade social em São Paulo, Recife e Blumenau

São Paulo, maio de 2020 – Os desdobramentos socioeconômicos gerados pelo período de quarentena, essencial ao combate da pandemia da Covid-19 no Brasil, representam impacto direto no faturamento de restaurantes, confeitarias e padarias de todo o país. De acordo com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), é estimada uma queda de faturamento de 30% para o segmento – margem representativa para este tipo de empreendimento, que nem sempre tem estrutura para operar em sistemas de delivery.

Em um momento em que a solidariedade é fundamental para minimizar os impactos da crise gerada pela pandemia, as marcas Delícia, Primor, Soya, Salada e Salsaretti, da Bunge, se uniram para criar o projeto Alimente o Bem. A plataforma disponibilizará vouchers de consumo em estabelecimentos, clientes ou não da empresa, para serem utilizados após o período de quarentena. A cada voucher vendido, uma refeição completa será doada pelas marcas a instituições de São Paulo, Recife e Blumenau, que atuam dando apoio a pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Um dos diferenciais da iniciativa é que padarias e confeitarias serão contemplados e poderão vender e gerar receita mesmo fechados ou sem a possibilidade de aturem no delivery. E para fazer parte da ação, a mecânica é simples: os restaurantes, confeitarias e padarias interessados devem se cadastrar gratuitamente no site www.alimenteobem.com.br e listar seus pratos e valores, para que os vouchers sejam gerados. A compra é realizada no próprio site e os vouchers poderão ser utilizados até o final de dezembro deste ano pelos consumidores. Toda verba adquirida será revertida aos estabelecimentos participantes. Não há lucro para Bunge, apenas descontos das taxas.

A iniciativa tem, ainda, um apelo solidário: cada voucher vendido representa uma refeição doada, beneficiando instituições como a Instituição BonPar, que atende diariamente 10 mil pessoas em situação de vulnerabilidade em São Paulo, a Associação Católica Samaritanos, que entrega duas mil refeições diárias em Pernambuco,  e a Cozinha Comunitária Bom Pastor, que é responsável por alimentar 150 pessoas todos os dias em Blumenau. O primeiro lote será de oito mil vouchers que, consequentemente, representam oito mil refeições doadas à estas entidades. Após a venda do primeiro lote, a empresa irá disponibilizar uma segunda onda de vouchers para continuar ajudando estabelecimentos e instituições.

“Delícia, Primor, Soya, Salada e Salsaretti fazem parte do dia a dia do brasileiro. Queremos continuar junto de nossos consumidores e também participar de ações importantes pelo país que reforcem a solidariedade necessária nesse momento delicado pelo qual todos passamos, mas que alguns são mais impactados”, afirma João Galoppi, gerente de Comunicação, Marca e Inteligência de Mercado da Bunge. “E, nesse caso, estamos falando tanto de estabelecimentos do segmento de Food service, quanto de pessoas sem condições de se alimentar de forma adequada para se proteger do coronavírus. Acreditamos que uma verdadeira corrente do bem será formada. Todos fazendo a sua parte”, finaliza Galoppi.

Para acessar os vouchers e conferir os estabelecimentos participantes, os consumidores devem acessar o site www.alimenteobemcom.br.

Fonte: Bunge