Alckmin manda recado duro aos aliados: não abre

SP - ALCKMIN/SECRETARIADO/SP - POLÍTICA - O presidente estadual do PSB em São Paulo, o deputado defederal Marcio França (e), é apresentado como como o secretário de Turismo do Governo de Geraldo Alckmin (d), no escritório de transição na Rua Boa Vista, centro da capital, nesta terça- feira (28). O deputado estadual Bruno Covas (PSDB) ocupará a secretaria do Meio Ambiente e o deputado estadual Edson Giriboni (PV) assume a secretaria de Saneamento e Recursos Hídricose. 28/12/2010 - Foto: VANESSA CARVALHO/NEWS FREE/AE

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) começou a enviar recados mais duros aos aliados, revela Daniela Lima, na coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta quarta-feira.

Avisou que não vai abrir mão de conduzir sua sucessão em São Paulo e que tem o Estado como ponto de partida para o arranjo de seu palanque nacional.

Com isso, o tucano tenta frear:

1) a proliferação de especulações sobre data e formato de eventuais prévias

2) a multiplicação de pré-candidaturas ao governo do Estado

3) o fogo amigo sobre seu vice e potencial aliado, Márcio França (PSB). (Foto)