Aeroportos de Araripina, Serra Talhada e concessão da BR 232 na agenda de Câmara e Sebastião Oliveira em Brasília

Por - 01/06/2016
O compromisso do governo
federal de ampliar o repasse de recursos para obras que vão garantir
abastecimento de água permanente a populações no semiárido foi reforçado pelo
ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, em audiência ao governador de
Pernambuco, Paulo Câmara, ontem terça-feira (31). Durante o encontro, os
gestores discutiram o cronograma de empreendimentos em execução no estado. A
disponibilidade de apoio federal para ações de socorro e assistência à
população afetada por fortes chuvas em Pernambuco, nas últimas horas, também
foi destacada por Helder Barbalho.
“O olhar atento de
priorizar investimentos para obras essenciais à região Nordeste é uma
determinação do presidente Michel Temer. A Adutora do Agreste, por exemplo, é
fundamental para que as águas do Projeto de Integração do Rio São Francisco
possam chegar até a casa de moradores da região”, pontuou o ministro, ao
destacar a Medida Provisória que permitirá o descontingenciamento de recursos
para ampliar o repasse aos governos estaduais.
Com 64% de execução
física, a Adutora do Agreste já tem funcionalidade parcial. O empreendimento
está sendo alimentado por uma bateria de poços em Ibimirim. A água abastece o
município de Arcoverde, com mais de 70 mil habitantes. Além disso, está em construção
outro conjunto de poços localizado em Tupanatinga, que também será conectado à
adutora.
Ao longo de seu percurso,
o empreendimento atenderá com abastecimento de água um total de 68 sedes
municipais, 80 localidades urbanas e a população rural de uma faixa de 2,5
quilômetros. São aproximadamente 1.300 quilômetros de adutoras, beneficiando
uma população de quase dois milhões de habitantes. O investimento aproximado é
de R$ 2,5 bilhões.
Helder Barbalho também
ressaltou a autorização por parte do governo para que as empresas executoras do
Projeto de Integração do Rio São Francisco possam acelerar o ritmo das obras. O
objetivo é garantir a entrega do empreendimento em dezembro deste ano. “Ao
mesmo tempo, estamos dialogando com os governos estaduais para acelerar as
obras complementares ao Projeto, como as adutoras. Não queremos correr o risco
de ver a água passando pelos canais sem que a população possa efetivamente se
beneficiar disso”, afirmou.

Defesa Civil: Durante o
encontro, que contou também com a participação do vice-governador de
Pernambuco, Raul Henry, o ministro Helder Barbalho voltou a disponibilizar
apoio federal às ações de socorro e assistência à população afetada por fortes
chuvas no estado, desde segunda-feira (30). “Tive a oportunidade de
conversar com prefeitos de municípios atingidos e nos colocamos à disposição
para que a Defesa Civil nacional se some às equipes locais neste esforço
conjunto de dar atenção às famílias afetadas nas últimas horas”, concluiu.