Policiais Militares do 7º BPM em Ouricuri, receberam uma denúncia na noite desta terça-feira (23/02) sobre uma possível comercialização de entorpecentes via aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp. Um homem e uma mulher estão sendo investigados como suspeitos da prática ilícita.

De acordo com informações repassadas pela PM, os acusados recebiam os pedidos pelo software e em seguida realizavam as entregas. As equipes malhas da Lei e NIS-4 fizeram levantamentos e conseguiram localizar os suspeitos. Com eles foram encontrados diversos sacos plásticos, além de dois aparelhos celulares e 41 gramas da erva entorpecente.

Ainda segundo os agentes que atenderam a ocorrência, o envolvido dos sexo masculino já possui diversas passagens pelo sistema prisional, estando no momento da abordagem em liberdade condicional, acusado dos crimes de roubo e porte de arma de fogo. Ao conversar com o suspeito, o mesmo relatou que tinha comprado 75 gramas da maconha e que já havia vendido 20g.

Após as constatações, os envolvidos foram levados junto com o material apreendido para a Delegacia de Polícia Civil de Ouricuri onde foi instaurado um inquérito e lavrado dois TCOs.

Redação AF News / Fonte e Imagem: 7º BPM